março 18, 2016

Filtro Dos Sonhos Ou Dream Catchers!

Bom dia queridos amigos!
Hoje eu vou postar aqui sobre um objeto, que é decorativo, mas também tem um algo a mais!
Segundo Carl Gustav Jung, a mandala se encontra na própria alma humana, aparecendo nos sonhos e em diversas imagens criadas pelo nosso inconsciente.

O dream catcher, também conhecido como filtro ou teia do sonho, são mandalas de cura de origem nativa norte-americana. O Tempo dos Sonhos é influenciado por boas e más energias. A função do filtro dos sonhos é a de afastar as energias intrusas e incorretas que, presas na teia, se dissipam com os primeiros raios do sol.



O aro do filtro é a roda da vida, e a teia que tecemos são nossos sonhos, não somente os sonhos que temos quando em contato com o Tempo do Sonho, mas também os sonhos de nossa alma, e o mundo de energia em movimento com o qual lidamos no nosso dia-a-dia.




O centro da teia, é o vazio, o Espírito Criador, o Grande Mistério.
Encontramos várias explicações e lendas sobre os dream catchers, mas devemos sempre lembrar que estes "objetos" não são simples objetos decorativos, eles são instrumentos de poder, são medicinas.




Existem inclusive, vários tipos de teia. Os Chippewa utilizam uma teia muito similar à da aranha, em espiral, sendo que a sustentação desta teia em espiral está em 8 fios que correspondem às oito direções sagradas.




 Já os cherokees, trabalham com um filtro mais simples, onde há apenas uma pedra, geralmente no centro da teia, e uma única pena pendendo sob ele, pois acreditam que o filtro não pode ser muito "carregado" de objetos e penduricalhos para não desvirtuar sua função.





Há ainda tradições que trabalham com o filtro na posição horizontal. Mas, enfim, cada tradição tem seu modo de confeccionar esta medicina. O interessante é que esta medicina surgiu em várias tribos que não mantinham contato direto umas com as outras, e vamos encontrar uma série de lendas a respeito disto.



Estas medicinas podem ser carregadas com um propósito, que ativamos ao construir o filtro, que é quando colocamos nosso espírito e nossa energia transformando-o em um instrumento de poder.




Além de todo o aspecto de instrumento de poder, o filtro é uma terapia incrível, pois ao fixarmos nossa atenção na medicina que estamos construindo, ela mexe com a nossa energia, "altera" nossa consciência, limpando e equilibrando os pensamentos, e nos faz recordarmos de Sonhos e propósitos esquecidos.



Dream catcher é um instrumento de poder que mexe com nosso interior, com nossa energia, e são canalizadores. Mas lembremos também que nunca devemos tornar-nos instrumentos dos instrumentos, escravos de instrumentos, ou seja, não é o objeto que vai resolver uma série de coisas, ele apenas será veículo para coloca-nos em contato com uma energia ancestral e com nosso intento.




Também não nos livraremos de pesadelos, pois eles são aprendizados. O que o filtro basicamente faz é filtrar energias intrusas que podem interferir em nosso processo natural e pessoal do Sonhar e viajar pelo Tempo do Sonho, que é de onde vem grande parte do conhecimento de cada um de nós.









Na imagem abaixo, este é meu filtro dos sonhos, que eu mesma fiz, e havia colocado na varanda de casa, onde agora foi reformada para ser o Atelier Formosa Casa, mas ele continua lá.








Foi uma delícia tecê-lo, e trabalhar essa boa energia é uma terapia e tanto.











Além de decorativa, a peça evoca a milenar tradição indígena de manter esse aliado em sua moradia e de presentear aqueles a quem se quer bem, com esse poderoso objeto, para assegurar proteção, harmonia e bons sonhos, conforme a lenda transcrita a seguir.







SOBRE O FILTRO DOS SONHOS OU DREAM CATCHERS





O Dream catcher é um artefato de origem indígena, mais precisamente do povo Ojibwe, nativos da América do Norte, que acreditavam que através dos sonhos, o "Grande Espírito" enviava mensagens importantes para seu povo.




Conta-se uma lenda que, antigamente haviam duas tribos em guerra. Essas duas tribos cheias de raiva e rancor geraram energias desarmônicas, as quais originaram pesadelos às crianças.

Assim, segundo a velha lenda dos nativos norte-americanos, quando o velho índio ao fazer uma Busca da Visão no topo de uma montanha, a Grande Mãe Búfalo desceu à terra e pediu ao Xamã que fizesse um aro com um galho de salgueiro-chorão. De seguida, apareceu-lhe IKTOMI e a Grande Mãe Búfalo em linguagem sagrada pediu ao Xamã que deixasse a Grande Aranha fazer uma teia dentro dele. E, o Xamã assim o fez. A Grande Aranha pegou no aro de cipó e começou a tecer uma teia com cabelo de cavalo e as oferendas recebidas.






Ela começou a tecer uma teia em um aro de cipó e enquanto tecia, foi falando ao índio sobre os ciclos da vida, do nascimento à morte e das boas e más forças que atuam sobre nós em cada uma dessas fases.
Ela disse: "Se você trabalhar com as forças boas será guiado na direção certa e entrará em harmonia com a natureza, do contrário, irá para uma direção que causará dor e infortúnios".





Quando a Aranha terminou a teia, entregou-a ao velho índio dizendo:




"No centro está a teia que representa o ciclo da vida. Use-a para ajudar seu povo a alcançar seus objetivos, fazendo bom uso de suas idéias, sonhos e visões. Eles vem de um lugar chamado Espírito do Mundo que se ocupa do ar da noite com sonhos bons e ruins".

O Xamã obedecendo à Grande Mãe Búfalo pendurou o filtro no teto da cabana em que as crianças dormiam. As energias desarmônicas ficaram perdidas na teia e consequentemente presas. Desta forma, as boas energias sabiam para onde ir, passando pelo furo central. Aos primeiros raios de sol, as energias ruins dissiparam-se.




Segundo algumas linhas do Xamanismo, mesmo de posse de um Filtro dos Sonhos, poderemos ter pesadelos, pois eles nos mostram visões de diversos aprendizados às quais devemos estar atentos. Acredita-se que o Filtro impedirá que energias indesejadas interfiram no processo natural e particular de sonhar.




Na confecção do Filtro dos Sonhos, pode-se colocar uma pena no centro,na teia, simbolizando a respiração, o elemento ar. Pode-se colocar ainda, uma pedra ou cristal nessa teia. O centro da teia corresponde ao Grande Mistério, o Criador, a Força que abrange o Universo inteiro.






O mais belo desa lenda é a essência espiritual da natureza atuando, no caso da aranha, mostrando a teia da vida e ensinando que tudo está interligado. Nos incentiva a prestarmos mais atenção nos nossos sonhos, na própria natureza, na nossa vida e a buscar conexão, mais ligação com Deus, e com coragem buscarmos Luz para rompermos a teia da ilusão, e nos tornarmos assim, cada vez mais, ligados ao Grande Espírito.




Onde colocar seu filtro dos sonhos:





Geralmente são colocados onde a luz bate pela manhã, em frente à janela. Os nativos nos ensinam que os sonhos passam pelo furo no centro e os maus sonhos ficam presos na teia e se dissipam à luz do amanhecer.

Você poderá colocá-lo no seu quarto, escritório, ou até no berço ou carrinho do bebê, numa altura que os bebês possam se distrair olhando o filtro, mas temos que tomar cuidados, pois eles podem puxar e colocar na boca.
Os nativos ensinam que os bebês ao verem a pena balançar com o vento, se entretêm e aprendem a importância do ar.

Ele é feito na forma de um círculo, tradicionalmente com galhos de Salgueiro. É feita uma rede na forma de uma teia de aranha com uma abertura ao centro. Tem muitas lendas de origem, de acordo com cada tribo e também diferentes formas de tecer.





O Círculo:

As rodas, ou círculos, representam a totalidade. O círculo é o símbolo do Sol, do Céu e da Eternidade. No simbolismo ancestral o círculo é o símbolo do espaço infinito, sem começo e sem fim.Qualquer que seja a representação simbólica em qualquer era e em qualquer cultura, um Círculo de Poder, serve como um espelho, onde podemos ver o reflexo do Universo e o Grande Tudo, que contém a totalidade, trabalhando para o entendimento dos mistérios da vida, do cosmos, e das leis naturais.




Segundo Alce Negro,  um Homem Sagrado dos Sioux, Oglala explica:

“O Céu é redondo, e tenho ouvido falar que a Terra é redonda, como uma bola, igualmente a todas as estrelas. O vento em sua maior magnitude, dá voltas. As aves fazem seus ninhos em forma de um círculo, para eles é a mesma religião que a nossa. O Sol aparece e desaparece também em círculo, a Lua faz o mesmo, e ambos são redondos. Inclusive as estações do ano formam um grande círculo conforme trocam e sempre regressam novamente ao lugar que estavam. A vida do ser humano é um círculo de uma infância a outra, e assim é em todas as partes onde se move a energia. Nossas tendas eram redondas como os ninhos das aves, e estas eram colocadas em círculo, o aro da nação, um ninho de muitos ninhos, onde o Grande Espírito se propusera formar nossas crianças.”




A Teia e a Pena:

Os fios da teia, que são ligados ao círculo, podem ser tecidos em 7 pontos (7 profecias) 8 pontos (8 pernas da aranha = oito direções sagradas ), 13 pontos (13 Luas), variando de acordo com cada tradição e intenção.



Pode ser colocada uma pena no centro, simbolizando a respiração, o elemento ar, e em alguns são colocados uma pedra/cristal. Tudo o que é colocado possui um significado.




O Centro da Teia:

Corresponde ao Grande Mistério, o Criador, a Força que abrange o Universo inteiro.




Coloque seu filtro de forma ritualística. Isso é o que diferencia um adorno de um instrumento de poder. Purifique antes o ambiente, o próprio filtro, e coloque sua intenção. Faça sua própria cerimônia. Peça proteção para o lar, família, pensamentos.




Atualmente muitas lojas vendem filtro dos sonhos, alguns industrializados com penas coloridas, espelhinhos. Particularmente, prefiro algo mais tradicional, mais rústico, feito artesanalmente, justamente também pela oportunidade de colocarmos as nossas boas energias e intenções.


No xamanismo evoca-se a essência espiritual da aranha para compreender melhor a "teia da vida", para evocar a criatividade e a imaginação. Inspira a visão e o poder para trazer nossos sonhos até a realidade. Para se obter independência e coragem, para rompermos com armadilhas que criamos, sejam emocionais ou espirituais. Para rompermos a teia da ilusão, construirmos novos sonhos, para sonharmos mais, para tecermos nossa própria vida.




Depois de confeccionado, o dream catcher representa a teia da vida de cada pessoa e lhe traz energias que vão impulsioná-la a um caminho de equilíbrio e harmonia, trazendo alegria, paz e felicidade. Cada filtro tem um dono.
Os videntes nativos americanos ensinam que a Grande Aranha, teceu a Teia do Universo para relacionar todas as coisas.
E observem que hoje o mundo todo está ligado por uma grande teia (WEB, que significa teia em inglês)
Para eles, a Aranha ao mesmo tempo é Avó e Criadora que cria novas energias dentro da existência. Ela tem a "Medicina da Criação".


Bem amigos, espero que tenham gostado, e eu deixo essa música linda aqui, para nós ouvirmos e meditarmos um pouco.
Que todos nós saibamos reverenciar os povos nativos, cada povo tem a sua sabedoria, a sua cultura, e hoje a medicina, a física quântica, a ciência em geral reconhece muitos desses saberes nativos.
Eu deixo meu apreço por esse povo lindo, e sábio!

Grande beijo pra todos e um ótimo final de semana!

Beatriz Oberg.



                    




"Só quem vê com o coração, o lugar onde mora o Grande Espírito, pode sentir"




http://www.xamanismo.com.br - http://www.terramistica.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá pessoas queridas do blog!
É muito gostoso ver o comentário de vocês, fico feliz com todas as ideias, opiniões e sugestões.
Muito obrigada, todos são muito bem vindos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...